Home > História > SPMT: 50 anos

História

SPMT: 50 ANOS

Caderno Avulso n.º 8

Sociedade Portuguesa de Medicina do Trabalho (1965-2015): meio século de dedicação à Medicina do Trabalho e à Saúde Ocupacional

António de Sousa Uva

Médico do Trabalho e Professor Catedrático de Saúde Ocupacional (Medicina do Trabalho)

Prefácio do Caderno Avulso n.º 8

Jorge Barroso Dias

Presidente da Direção

da Sociedade Portuguesa de Medicina do Trabalho

SPMT: 50 anos de Medicina do Trabalho... a olhar o futuro!

A SPMT - Sociedade Portuguesa de Medicina do Trabalho celebra a 30 de novembro em 2015 os seus primeiros 50 anos. Refiro-me a “primeiros 50 anos” porque tenho plena confiança de que “outros 50 anos” se seguirão.

Este é, assim, um momento relevante em que importa conhecer um pouco melhor este meio século que passou e como chegámos aqui, discutir o nosso presente e lançar as bases do que queremos que seja o nosso futuro.

O livro que o leitor tem em mãos, ou que poderá ler em suporte digital, faz parte deste momento de balanço que atravessamos. E a minha primeira palavra acerca deste livro é um profundo, sincero e amigo agradecimento dirigido ao Prof. António de Sousa Uva, que redigiu este livro, e que tem tido uma contribuição ímpar ao longo das últimas décadas tanto para a atividade da SPMT como para o desenvolvimento da Medicina do Trabalho em Portugal.

 

SPMT, um caminho de meio século

Ao longo deste trabalho o autor começa por nos relatar um caminho com cinco décadas e que trouxe importantes mudanças na vida de todos os trabalhadores portugueses. Vários fatores contribuem para que 2015 seja um momento muito diferente de 1965.

Em primeiro lugar, a sociedade portuguesa evoluiu profundamente. Portugal é hoje um país democrático, desenvolvido, plenamente integrado na Europa. A estrutura económica e o tipo de atividades e profissões desenvolvidas alterou-se significativamente, numa evolução aliás semelhante à que ocorreu um pouco por todo o mundo.

Em segundo lugar, a Medicina do Trabalho (e a Saúde Ocupacional) em Portugal apresentou uma evolução significativa. Como nos é relatado nas páginas deste livro, os primeiros diplomas legais que enquadram o que hoje é a Medicina do Trabalho e a Saúde Ocupacional datam de 1962, ou seja, apenas três anos antes da fundação da SPMT e destinados somente a alguns setores de atividade. Por lei, hoje em dia todos os trabalhadores portugueses têm acesso obrigatório à sua vigilância de saúde pela Medicina do Trabalho. A Medicina do Trabalho é hoje um Direito conquistado pelos trabalhadores, mas também por ação dos médicos do trabalho. Para que este direito não se perder serão igualmente importantes as ações dos médicos do trabalho! O Trabalho é um dos vetores mais relevantes da vida, mas é fundamental que seja “Trabalho saudável”.

Por fim, a própria SPMT evoluiu. Criada como secção da Sociedade de Ciências Médicas de Lisboa, a “SPMT-Sociedade Portuguesa de Medicina do Trabalho” é desde 13 de Dezembro de 2010 uma entidade jurídica independente. Embora mantendo fortes laços com a sociedade-mãe, esta independência era uma necessidade e um anseio antigo. Adquirir esta “maioridade” foi um processo complexo que implicou em si uma nova era da SPMT e permite reforçar a visibilidade da Medicina do Trabalho e assumir outro tipo de compromissos.

 

SPMT, uma associação viva e participativa

A SPMT é hoje uma sociedade científica vibrante que, com o empenho de muitas pessoas (nunca são suficientes face a todos os projetos e solicitações que recebemos!), se empenha na valorização técnico-científica da Medicina do Trabalho e da Saúde Ocupacional. A SPMT promove o estudo e a divulgação de conhecimento entre os seus membros, junto de outras áreas científicas e, também, da sociedade como um todo, contribuindo para que os trabalhadores sejam mais saudáveis em locais de trabalho também mais saudáveis e mais seguros. Contribuímos também assim para que as pessoas sejam mais felizes e que o país seja mais desenvolvido e competitivo.

Hoje em dia, a SPMT desenvolve um enorme trabalho, quer através dos membros da Direção, quer pelo seu Conselho Científico e Editorial, quer pelo precioso contributo dos membros das Comissões de Trabalho “Medicina do Trabalho em Hospitais”, “Álcool, Tabaco e outros comportamentos aditivos” e “LMELT (Lesões Músculo-Esqueléticas Ligadas ao Trabalho)” (que iniciou a sua atividade em 2014).

Neste ano de 2015, apenas referindo as reuniões científicas organizadas pela SPMT salientam-se o 11º Encontro de Saúde Ocupacional em Hospitais e outros Estabelecimentos de Saúde (com a temática: “Exposição a radiações ionizantes em profissionais de saúde”), a 2ª Formação VIH e Sida no Trabalho: O Papel Dos Profissionais de Saúde Ocupacional (pela primeira uma formação SPMT realizada no Porto) e o 13º Fórum Nacional de Medicina do Trabalho (que lança o 1º Encontro LMELT – “Lombalgias em Contexto Laboral”, organizado pela Comissão de Trabalho LMELT).

Esta vibrante vitalidade da nossa SPMT é também constatada ao esgotar as inscrições nos seus eventos científicos e nas dezenas de trabalhos científicos que recebe para pósteres, comunicações livres e para as suas duas publicações (Revista Saúde e Trabalho e Cadernos Avulso).

Assim, a SPMT é uma sociedade científica privilegiada na partilha e divulgação do trabalho dos profissionais de Saúde Ocupacional e é um estímulo à crescente produção científica em Medicina do Trabalho em Portugal.

Para uma comunicação mais imediata, o nosso sítio www.spmtrabalho.com (*) e o Grupo SPMT do FACEBOOK já são uma realidade e uma forma de comunicação direta e dinâmica com os associados, profissionais de Segurança e Saúde do Trabalho e população cibernauta.

É parceira de várias associações nacionais e internacionais e participa em grupos de trabalho com o objetivo de definir políticas públicas com um impacto direto na vida dos trabalhadores.

No âmbito das políticas públicas para os problemas ligados ao álcool, a SPMT é parceiro do SICAD (ex-IDT) como membro do Grupo Restrito de Intervenção em Meio Laboral (desde 2008) e da Comissão Executiva do Forum Nacional Álcool e Saúde (desde 2011; membro fundador).

No âmbito da intervenção para os problemas ligados ao tabaco é, desde 2014, membro do Conselho Executivo da COPPT (Confederação Portuguesa de Prevenção do Tabagismo; membro fundador, 2003).

Toda a atividade agora referida, de grande impacto junto dos profissionais de Saúde Ocupacional é também uma missão de “serviço público”, no entanto, não temos qualquer apoio financeiro público, pelo que a SPMT apenas consegue manter a sua atividade com o apoio dos seus associados e dos participantes nos eventos científicos.

 

SPMT, uma visão para o futuro

O Prof. António de Sousa Uva identifica nas páginas seguintes um conjunto de ameaças que se colocam ao mundo do trabalho e que, por conseguinte, constituem importantes desafios à Medicina do Trabalho. Tentarei não me focar nesses aspetos, por forma a evitar duplicações, e focar-me-ei sobretudo na possível intervenção futura da SPMT.

As atividades desenvolvidas ao longo dos últimos anos demonstram-nos que é possível inovar e contribuir para uma melhor Saúde Ocupacional, através da intervenção quer junto dos médicos do trabalho quer de outros profissionais.

Num mundo em que cada vez há mais conteúdos e informação e lhes é mais fácil aceder, as nossas atividades têm tido cada vez mais participantes. Ora, isto é mais uma demonstração de que a SPMT poderá continuar a desempenhar um papel relevante na formação contínua e que a interação entre profissionais não se pode substituir.

A SPMT tem promovido um ambiente favorável para aproximação de todos os agentes da Saúde Ocupacional em Portugal, na discussão construtiva, aproximando as distâncias de opinião, as regionais e as geracionais.

Sendo a boa articulação dos profissionais e trabalho em equipas e uma das fragilidades comuns na nossa sociedade, a SPMT tem cumprido o seu desígnio agregador. No entanto, com o uso das novas tecnologias poderá ampliar o seu desígnio para projetos mais vastos de investigação-ação e na criação de uma rede de “médicos do trabalho sentinela”.

Continuaremos a participar em grupos de trabalho de definição de políticas públicas por forma a que o conhecimento técnico que desenvolvemos e de que dispomos possa ser colocado ao serviço do país. Pretendemos continuar a reforçar as nossas parcerias nacionais e internacionais.

Mas queremos mais. Queremos que a SPMT obtenha o estatuto de Pessoa Coletiva de Utilidade Pública, o que permitirá ampliar o seu espaço de intervenção.

 

SPMT, uma associação de pessoas

E, por fim, quero relembrar que a SPMT é uma associação feita por pessoas que de forma voluntária têm vindo a trabalhar e a passar o testemunho de geração para geração ao longo de 50 anos, legando ao futuro um património que é de todos.

Lanço aqui, portanto, um apelo à participação nas atividades da SPMT que permita continuar a desenvolver novas propostas e a promover um conhecimento que tem sido fundamental na melhoria das condições de trabalho e na vida de milhões de pessoas em Portugal. Este aumento de participação é já notório nas novas gerações de Médicos do Trabalho. Porém, precisamos de toda a gente.

 

Esta publicação também pretende ser o suporte documental de uma exposição comemorativa homónima, itinerante por várias regiões do país, estreitando os laços com todos os nossos associados e divulgação da SPMT na comunidade.

Temos vindo a reunir acervo e testemunhos e queremos constituir, também a partir deste livro e desta exposição, um pequeno núcleo museológico que agora se projeta e, para crescer, dependerá da generosidade e colaboração de todos nesta homenagem à atividade da SPMT e a tudo o que se alcançou nos últimos 50 anos.

Convido-o/a, então, a conhecer melhor a apaixonante “epopeia” de meio século de história da SPMT. Boa leitura!

Jorge Barroso Dias

Presidente da Direção da SPMT

(*) O antigo sítio da SPMT (www.spmtrabalho.com) foi migrado com a criação do novo sítio www.spmtrabalho.org em 10 de junho de 2017.

Contactos atualizados da SPMT:

Sítio: www.spmtrabalho.org

Página Oficial do Facebook: www.facebook.com/SPMT-Sociedade-Portuguesa-de-Medicina-do-Trabalho-256547894428978/

Grupo de discussão da SPMT no Facebook: www.facebook.com/groups/134074153367424/?ref=bookmarks

Correio eletrónico: spmt@spmtrabalho.org

Telefone: 21 793 17 20

Morada: Av. da Republica nº 34 - 1º, 1050-193 Lisboa

SPMT header logo